Jesus: nasce O Salvador. Mateus 1. 18-25.

      Sabemos que ninguém melhor do que o próprio Deus pode descrever Jesus e sua missão. Ninguém melhor que Jesus para fazer conhecida sua pessoa. Por isso o primeiro passo que daremos na exposição sobre Quem é Jesus se iniciará fazendo uso das palavras do anjo do Senhor no versículo 21 do primeiro de Mateus. Antes disso, vejamos um pouco sobre o contexto do nascimento de Cristo. Estando Ele no ventre de sua mãe – Maria – por meio do operar sobrenatural do Espírito Santo, se abre uma brecha de desconfiança em José – marido de Maria – que logo passa a planejar o cancelamento do casamento secretamente, pois temia a retaliação do povo sobre Maria que seria acusada de adultério (Mt 1.19). Contudo, o Senhor entrou com providência. 

      A respeito do que José pretendia, a bíblia diz que “[…] depois de pensar nisso, apareceu-lhe um anjo do Senhor em sonho e disse: ‘José, filho de Davi, não tema receber Maria como sua esposa, pois o que nela foi gerado procede do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados’. ” (Mt 1.21). Prontamente José acata o que o anjo o havia dito e o texto termina da seguinte forma: “Ao acordar, José fez o que o anjo do Senhor lhe tinha ordenado e recebeu Maria como sua esposa. Mas não teve relações com ela enquanto ela não deu à luz um filho. E ele lhe pôs o nome de Jesus. ”. Naquele momento, Senhor não só evitou uma separação, Ele não só livrou Maria do abandono, mas fez a primeira declaração a respeito de Jesus e sua missão no novo testamento, é a declaração que resume toda a mensagem do evangelho. Portanto, Jesus não é apenas um profeta, não é apenas um pregador; Ele é o filho de Deus, gerado pelo Espírito Santo, que veio salvar seu povo do seu pecado. A gravidade do pecado salta aos nossos olhos quando percebemos que, em meio a um mundo violento, mal e injusto, onde muitos prefeririam fazer reformas sociais, morais e econômicas se assim tivessem poder para tal, Deus diz por meio de seu anjo que seu filho salvará seu povo dos seus pecados. Enquanto muitos veem justificativas externas para o mal, o Senhor diz que a coisa da qual precisamos ser salvos está dentro de nós, e é o pecado.

Aplicações do texto para sua vida

  1. A primeira coisa que aprendemos sobre Jesus aqui é grandiosa o suficiente para encher nosso coração de alegria e olhos de lágrimas, pois Jesus veio para nos salvar daquilo que é nosso maior problema, daquilo que nos separa de Deus: o pecado. Sobretudo, esse texto aponta claramente para nós a natureza divina de Jesus, mas também que Jesus é Deus, pois só o próprio Deus é capaz de perdoar os pecados; inclusive isso foi motivo de escândalo para os judeus que sabiam disso, mas não criam em Jesus (Mt 9.3).   

  2. O evangelho, a boa notícia é esta, Cristo veio nos salvar. A salvação consiste na reconciliação com Deus, pois é o pecado que nos separa do Pai.  Porém, Jesus desfaz toda cobrança a nosso respeito (Mt18.11), e por meio do arrependimento podemos nos chegar a seu reino. (Mt. 4.17.)         
  3. Sejamos gratos e tenhamos a consciência da grandeza, poder e amor daquele que nasceu da virgem. Nos curvemos a ele e corramos para seus braços de amor reconciliador.

Curiosidades e reflexões adicionais sobre o texto

  • José duvidou do que Maria havia lhe dito, mas não do Senhor. Uma coisa comum entre os filhos do Senhor é a sensibilidade à voz do Pai. Podemos duvidar de muitas coisas e pessoas pelas mais variadas causas possíveis, mas do Senhor, nunca. Conhecemos sua voz assim como diz João 10.10.

  • A bíblia nos diz que José não conheceu Maria enquanto ela não deu à luz um filho. Essa, além de outras passagens bíblicas nos mostram que José teve relações com sua esposa como qualquer outro homem com sua esposa. Até ali eles não tiveram relações sexuais, apenas enquanto maria não dava à luz seu filho. Mateus 12.47 também reforça esse ponto de vista narrando alguém chegando até Jesus e dizendo: “tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem falar contigo.”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: